Artigos

Organização pessoal: dicas práticas.

 

cefbfd049d0ca2f6f11a9e90837815a6

Às vezes, tenho a impressão de que o dia foi super cheio, eu corri de um lado para o outro durante horas a fio e, mesmo assim, não consegui dar conta de tudo. Aí, eu vejo mulheres que, mesmo com trabalho, filhos e uma casa para cuidar, ainda conseguem preparar aulas, fazer cursos e pensar em empreendimentos que ajudem com as despesas de casa. Tenho vontade de perguntar se elas alugam o viratempo, rs.

Creio que não estou sozinha nesse desabafo. Mas, à medida que vou amadurecendo – e a Obra me ajudou muito nisso –, vejo que existem algumas palavras-chave para conseguir dar conta de tudo, sem chegar ao final do dia com aquela taquicardia e a sensação de que as tarefas estão me afogando. Uma delas é milagre organização. Santo Agostinho definiu a ordem como “uma disposição de coisas iguais e desiguais, que dá a cada uma o seu lugar”. Isso já nos dá um norte.

Tá, Ana, eu já sei que tenho que ser organizada, mas COMO, CRIATURA???“. Agora, antes que vocês comecem a me odiar, vou dar algumas dicas de como eu consegui dar conta da maioria das coisas. Vamos lá:

1. PARANDO DE TER PENA DE MIM MESMA (OUCH!)

Melhor do que eu para enfiar isso em vossas cabecinhas é o @italomarsili. Sério, o cara tem cinco filhos, atende pacientes o dia todo, faz crossfit, dá cursos, escreve livros e ainda responde as bobagens que nós perguntamos no instagram.

Dica: Os livros Os quatro temperamentos na educação dos filhos, do Dr. Italo, e Em busca de sentido, do Victor Frankl (te desafio a não chorar lendo esse).

em buscaquatro

Acho que essa dica é a segunda mais difícil de colocar em prática. No final de 2016, eu estava infeliz com o meu corpo, cheia de dores na coluna, vários prazos pendentes no trabalho, e eu só conseguia inventar desculpas para o meu modo de vida. Ora o problema eram os meus chefes, ora minha família. Só quando eu disse a mim mesma que eu, e mais ninguém, era responsável pela realização dos meus objetivos, e que ninguém, ninguém me devia nada, é que eu tive ânimo para sair do mundo imaginário que eu tinha criado e começar a migrar para o mundo real. Dói, não é muito bonito, mas mudou minha vida. A verdade é que nossa geração está mal acostumada. Na nossa idade, nossas avós já tinham vários filhos, ensinavam todos a ler e ainda cozinhava de um jeito que nós nunca conseguiremos.

2. MINUTO HERÓICO

O minuto heróico. – É a hora exata de te levantares. Sem hesitar: um pensamento sobrenatural e… fora! – O minuto heróico: aí tens uma mortificação que fortalece a tua vontade e não debilita a tua natureza. (Caminho. 206)

 

Esse é o ponto mais difícil, pelo menos para mim. Aqui, não vale a função soneca, olhar o instagram, o facebook, o gif de bom dia que sua tia mandou no grupo da família. Levantar de uma vez, sem enrolação e sem apego ao quentinho da coberta na mesma hora, todos os dias, tem efeitos a curto, médio e longo prazo.

Curto: seu dia vai render mais sem aqueles quarenta minutos perdidos.

Médio: você vai habituar seu corpo à constância e conseguir controlar seus impulsos com mais facilidade. Esse é o pouco de estoicismo que não faz mal a ninguém.

Longo: toda mortificação pode ser oferecida a Deus. Se você é católica, ofereça pela conversão dos pecadores, pela sua santificação, pela melhora no seu trabalho. Sendo ou não, diga a Jesus que você o ama e quer que, através desse controle físico, Ele te molde. Se você conseguir perseverar por alguns meses, vai ver como a pena de si mesma vai diminuir, e como vai ficar mais fácil controlar a língua, por exemplo.

3. ESTABELECENDO UM HORÁRIO PARA CADA COISA

Aqui, a palavra-chave é R-O-T-I-N-A. Ter horário para acordar, para tomar café, para trabalhar e, principalmente, para nossas diversões. Não é porque eu gosto de ler que posso me atrasar para buscar minha mãe em algum lugar (ou posso, se quiser ser deserdada, hehe). A dica é ver quantas tarefas você tem em um dia  e ler, conversar com as amigas, olhar o instagram etc também são tarefas e procurar estabelecer as prioridades, o que leva mais tempo, o que pode ser feito imediatamente e o que é uma construção longa.

Vontade. – Energia. – Exemplo. – O que é preciso fazer, faz-se… Sem hesitar… Sem contemplações. (Caminho. 11)

 

4. ANOTANDO TUDO

Essa é a regra de ouro para quem quer começar E TERMINAR as coisas. Pode ser na agenda do celular, no planner ou num bloquinho de papel (só não vale dizer que anotou no coração, hehehe). À noite, perto da hora de dormir, eu pego minha agenda e preparo o dia seguinte: hora de acordar, de tomar banho, de ver o blog, ir para o treino, conversar com meu namorado, ficar com meus pais. Desenvolver o hábito de anotar faz com que as preocupações saiam da nossa cabeça e sigam para o papel. É aí que você organiza melhor as ideias, respira fundo e consegue enfrentar o dia mais facilmente.

5. REZANDO

photo4956747522555095100

Há alguns milênios, homens simples perguntaram “mas então, quem poderá salvar-se?”, e um Homem magnífico respondeu “aos homens é impossível, mas a Deus tudo é possível”.

Quando eu vejo essas mães, católicas ou protestantes, que têm famílias numerosas e conseguem ser elegantes, empreendedoras, cheias de garra, ou pessoas que deixam tudo para fundar uma comunidade, ajudar pessoas do outro lado do mundo ou no bairro carente da cidade onde moram, tudo o que eu consigo pensar é que tudo quanto elas fazem tem um motivo maior por trás e, portanto, um auxílio. Se você está visitando este blog, provavelmente já sabe que o motivo pelo qual buscamos ressaltar a dignidade feminina é dar maior glória ao Senhor. Ele é nosso Pai, que nos ama e espera ansiosamente que peçamos várias coisas, principalmente que ele nos mude.

“Fizeste-nos, Senhor, para ti, e o nosso coração anda inquieto enquanto não descansar em ti.”

A dica de ouro verdadeira, real oficial, o pulo do gato, portanto, é pedir a Deus que nos faça mulheres disciplinadas, organizadas e no controle das nossas emoções. Se você pedir constantemente, e for dócil aos meios que Ele puser (que podem ser simples ações do cotidiano, como terminar bem as tarefas difíceis que aparecerem), você mudará. “E tudo o que pedirdes em oração, se crerdes, recebereis”. Além do tempo de oração pessoal, eu costumo utilizar algumas jaculatórias durante o dia, como “Senhor, se quiseres, podes mudar-me” ou “Domine, ut videam” (Senhor, que eu veja). Todo o esforço humano que eu emprego em prol de ser ordenada, por valoroso que seja, não teria mostrado tantos resultados positivos, não fosse a graça divina. Rezem, rezem muito, e peçam a Deus que as façam ordenadas para auxiliarem no aperfeiçoamento do mundo.

Bônus: amar a rotina, uma mudança de perspectiva.

Talvez, por influência do romantismo (alô, Hollywood!), muitas de nós tenhamos crescido com a sensação de que a rotina esmaga a criatividade e a alma, mas não é assim. Foi a rotina que permitiu ao homem se estabelecer em um lugar, plantar, construir, preparar a civilização. As grandes catedrais foram construídas por pessoas que, pacientemente, dia após dia, trabalhavam nelas. São José e Nossa Senhora, salvo a ida ao recenseamento e a fuga para o Egito, tiveram uma vida de trabalho árduo e diário, como vários monges, freiras, pais e mães e, no entanto, quem poderá dizer que eles não encontraram a felicidade nisso?

Se sabemos para onde estamos indo, ou seja, se temos noção de quais são os nossos objetivos, ter uma rotina é uma ferramenta valiosíssima, que merece ser estimada. Se queremos uma carreira jurídica, os anos que passarmos estudando serão difíceis e cansativos, mas, se focarmos na aprovação, eles serão melhor suportados. Assim é também com a construção de uma empresa, a educação de um filho, cursar uma boa faculdade. O acúmulo significativo, material e imaterial, só pode ser feito dia a dia, todo dia um pouco. Assim é com o caráter, assim é com a ordem.

Mudar o modo de encarar as tarefas ajuda. Não vá dormir pensando que, infelizmente, vai ter que acordar cedo no outro dia, mas se anime: cada novo dia traz novas possibilidades. Não pense que é ruim ter que arrumar a casa, mas fique grata pela possibilidade de se mexer, ver os móveis limpos e no lugar. Não pense que ler para o seu filho é cansativo, entenda que essa experiência com ele é um dos alicerces para o bom relacionamento entre vocês. A vida é dura, de fato, é com o suor do nosso rosto que conseguimos o nosso sustento, mas abraçar o que é concreto, palpável, que está fora da nossa mente e inserido na realidade nos torna mais fortes. Ame seus horários, seus planos, os procedimentos cotidianos, e ter ordem não vai parecer impossível, vai parecer indispensável!

Espero ter ajudado. Qualquer dúvida, entrem em conosco, com carinho, Ana 😉

3 comentários em “Organização pessoal: dicas práticas.

  1. Sara Cristina di Maria

    Olá, meninas! Vocês não têm ideia de como eu estava precisando ler esse texto! Há tempos venho pedindo ajuda ao Senhor para deixar de procrastinar, vencer a preguiça e a tibieza. Alguns dias atrás vi em algum insta sobre a Ordem ensinada por santo Agostinho, já me chamou atenção, mas eu ainda estava meio perdida, esse texto, sem dúvidas, me auxiliará bastante. Obrigada!
    Deus lhes abençoe e Nossa Senhora as cubra de graças!💕🌹

    Curtido por 1 pessoa

  2. Amei! Continue a ser esse instrumento de Deus para nós!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: